terça-feira, 21 de setembro de 2010

...

Algumas linhas tortas e em algumas folhas elas são ausentes...dizia eu que acreditava em certas crendices.
O destino sempre foi algo pré- traçado... espantei-me ao perceber que no meio da minha calmaria, chegava furacões para turbilhar as minhas águas... foi então que lágrimas escorreram por meus olhos, como podia toda a minha felicidade construída cautelosamente ser desmoronada facilmente?

2 comentários:

Mais um imundo no mundo impuro. disse...

Mas acreditar as vezes faz bem.

Beijos Imundos.

Erica Vittorazzi disse...

Plante os seus sonhos e sua felicidade em terrenos mais sólidos.


beijos