quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012


Com o tempo você percebe que a "venda da sedução" que te cegava vai se quebrando.
Você volta a ver o mundo como realmente era, só que agora encontra-se numa situação diferente, alguem que te importa versus o que você realmente acredita ser o certo.
Deixar a razão de lado a principio, para preservar essa situação parece ser o melhor.
Mas a sua razão te diz bem alto: " Deixar a razão de lado, significa não diga que eu não avisei".
Com o tempo você começa a ver que tudo que te falaram era verdade e é verdade, só que você auto tentou se enganar, algumas coisas nunca iram mudar e dificilmente as pessoas também.
Deixar de fazer algo, evitar situações constrangedoras não significa nada se a alma ainda deseja ter em evidencia tudo aquilo.
E no fim de toda essa situação eu me encontro ainda presa porém por um nó que espero desamarrar em breve antes que me estrangule.
Quando acordo em mim, após todo esse tempo acabei por abondonar INUTILMENTE tudo aquilo que sempre me proporcionou alegria e ainda um motivo pra viver e acreditar.

Um comentário:

Mais um imundo no mundo impuro. disse...

Ai vos digo: - Estamos diante de um dilema.

Abraços Imundos