sábado, 8 de março de 2008

A garota do teste

Talvez ao certo caro leitor voce nunca sabe diferenciar as garota e os ele.

Mas essa garota eu a encontrei hoje sentada sozinha em um canto, realmente algumas demais pessoas se isolavam, porém essa me chamara mais atenção do que as demais. Bom eu sabia dos problemas que ela tinha na casa dela, pobre garota, mas ali ela estava com cabeça abaixada entre as pernas sozinha encosta em seu canto recitando como se estivesse chorando silenciosamente o seu texto, pois bem talvez aquilo fosse mais importante para ela do que para todos os outros. Ela é uma daquelas pessoas como garota do texto anterior, pessoa fria, úmida em processo de deterioração, bom só espero que os avaliadores notaram isso.
Os olhos dela revelam que sua alma já esta envenenada, só espero que ela tome o antiduto.Talvez uma vitória a ela dê-se um motivo razoavel e prazeroso para ela continuar vivendo.

Um comentário:

Thiago disse...

mas este é m grnade problema: sair do canto em que se está sentado para o desassossego, acreditar.
Acreditar, nunca dá certo.