quarta-feira, 26 de março de 2008

Lembranças

Eu ando mentalmente bem distante dessa cidade, mentalmente distante dos meus amigos e da família, por algumas vezes pode se escutar vozes deles mas parece que estão distantes, talvez seja porque estão. Mentalmente eu posso lhe dizer tudo aquilo que eu morro de vontade de falar, mentalmente eu recebo a resposta mesmo voce não a dizendo. A estranha mania que ainda tenho de dedilhar tudo que voce um dia tocou é como se senti-se voce ainda, porém voce não está, porem você ja esta falecido, porem voce corre risco de um dia cair no esquecimento de todos. Mas nunca no meu.

Um comentário:

Markinhu disse...

Uau, nao conhecia
favoritei aqui
beijos Reh!