sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

Irritação

Talvez eu deva parar de pensar, talvez ele seja somente mais um igual a todos os outros, ele quer me enganar, mas pq ele iria querer isso? Ate que ponto é a verdade, ate que ponto eu não me stressarei e mandarei ele parar de me provocar, a os eles dos meus textos talvez as pessoas pensem que eu sou uma pessoa que não sabe de quem gosta, mas acredite eu sei. Talvez a confusão dos eles seja o simples fato que por alguns momentos em meio de minhas confusões confudo sentimentos com afinidade, uma coisa é certa afinidade é necessaria pra sentimentos, porem afinidade não precisa de sentimentos com intenção para ser mais clara. Mas, os meus mas sempre tentam explicar algo, mas não vou falar sobre os mas. O que importa é que sempre temos receio de ser enganados novamente. Isso me desperta uma profunda irritação.

Um comentário:

Thiago Selva disse...

o receio eu já perdi. quando escorreguei com "beijos", quando escorreguei de novo dizendo "Reh".
Já escorreguei demais e não dá p/ parar.
Se a queda for incrivelmente feia, no final, quanto eu voltar a pensar apenas em mim, poderei me lembrar que tive um sentimento muito bom em relação a outra pessoa e que tb eu (ainda) não tenho medo de correr riscos desse jeito.
De qq forma, quero acreditar que não, que não terei queda alguma. Ao invés, grandes olhos pretos refletidos nos meus.
Mais beijos