sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

Mentiras minhas, mentiras suas

O fruto do meu do seu do nosso subconsciente se agrava a cada dia que passa, vemos as coisas mais inexperadas, nossas vontades mais obscuras. Você mentiu,eu menti, mas menti pra dizer a verdade e quando a disse tudo de novo voltou, porque talvez não menti em tudo que lhe falei, por mais involuntario que seja eu acabei me apaixonando ou reapaixonando, me apaixonei quando vi as minhas lagrimas ou percebi que estou e sempre serei apaixonada por você ou por ele... claro citei um ele pra mentir novamente. Mas ate onde voce me fala a verdade?

Um comentário:

Thiago Selva disse...

O mundo não gira em torno de mim. Eu sei que. Mas agora, só agora, eu quero acreditar que isso (de não girar) é mentira e que sim, a porra do universo todo - do centro até a borda e além dela - rola em minha função.
Só assim eu posso responder ao que vc escreveu: Tudo o que eu disse É verdade. Não disse mais (há tanto p/ ser dito!) pq pontos pretos numa tela de vidro, lcd ou qq que seja o material, seriam e são insuficientes p/ dizer o que eu gostaria de.
E eu também quero acreditar no vc escreveu (correção: eu já acredito).
Beijos